Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

LEANI é o único bacharelado em línguas estrangeiras aplicadas com nota máxima do MEC

Publicado: Quarta, 10 de Maio de 2017, 18h33 | Última atualização em Quarta, 10 de Maio de 2017, 18h33 | Acessos: 3092

Mais novo entre os cursos da área, o bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas às Negociações Internacionais (LEANI) do Cefet/RJ é o melhor do Brasil, de acordo com a avaliação de reconhecimento realizada pelo Ministério da Educação (MEC). Dos quatro cursos existentes no país, o LEANI é o único com a nota máxima, 5.

 

 

 

 

 

 

 

Corpo docente do curso LEANI


“O resultado coroa a aposta em um curso muito inovador, de uma área de conhecimento até então inexplorada pelo Cefet/RJ. Com ele, cumprimos nosso propósito de fazer a diferença na instituição, implantando um bacharelado de qualidade na área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas”, afirma a coordenadora do LEANI, Adriana Ramos.

O curso também é o primeiro do Cefet/RJ a obter a nota máxima em uma avaliação de reconhecimento do MEC. “Isso prova que a instituição possui competência em outras áreas do conhecimento, além da tecnológica, e está pronta para se transformar em universidade”, afirma a diretora de Ensino, Gisele Vieira.

O LEANI foi criado no primeiro semestre de 2014, em torno de cinco núcleos: Línguas Estrangeiras; Negociações Internacionais; Administração, Economia e Direito; Língua Portuguesa, Cultura e Linguagens; Turismo e Eventos. O corpo docente é formado por 22 professores.

“Não formamos bacharéis em Letras, nem em Relações Internacionais, nem em Comércio Exterior. Nossos alunos possuem uma identidade própria, são habilitados, ao longo do curso, a aplicar conhecimentos em línguas estrangeiras a contextos diversos”, enfatiza Adriana. “Costumamos dizer que o profissional formado pelo LEANI é o Leonardo da Vinci do século XXI”, compara.

De acordo com a coordenadora, os indicadores de ingresso provam que o curso também é bem-sucedido entre os estudantes. O bacharelado é um dos mais procurados da instituição e, no processo seletivo do primeiro semestre deste ano, teve nota de corte de 701 pontos e uma lista de espera com mais de 140 candidatos.

A avaliação do MEC, realizada in loco entre os dias 26 e 29 de abril, atesta a qualidade do curso e valida seu diploma em nível nacional. A nota final é calculada a partir da média de variáveis relacionadas a três dimensões: organização didático-pedagógica; corpo docente e infraestrutura.

 

Fim do conteúdo da página