Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projetos de extensão do Cefet/RJ são premiados na XI FECTI

Publicado: Quarta, 13 de Dezembro de 2017, 14h13 | Última atualização em Quarta, 13 de Dezembro de 2017, 14h43 | Acessos: 455

Dois projetos de extensão do Cefet/RJ foram premiados na XI Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (XI FECTI). “Macrophage: um jogo sério para o ensino de imunologia” conquistou o prêmio de divulgação científica na área Interdisciplinar e o prêmio Mostratec, com indicação para participar da feira de mesmo nome em 2018. Já o projeto “Maracanã e suas árvores: um aplicativo sobre arborização urbana” obteve o terceiro lugar na área de Desenvolvimento de Tecnologia.

Macrophage foi desenvolvido no campus Nova Friburgo pelos estudantes David Chermont, Brenno dos Santos Menezes e Ygor Azevedo da Silva, sob a orientação do professor Anderson Fernandes Souza. Os três alunos também foram contemplados na feira com a Bolsa de Iniciação Científica Júnior do CNPq. O aplicativo “Maracanã e suas árvores” é uma criação dos estudantes Lucas Guarnelli Scherpel e Leonardo Galvão Valença Lima e dos professores Renato Campos Mauro (orientador) e Leonardo de Bem Lignani (coorientador).

A XI FECTI reuniu cerca de 170 experimentos, provenientes de escolas públicas e privadas dos ensinos fundamental, médio e técnico do estado do Rio de Janeiro. O Cefet/RJ foi representado por 11 projetos, indicados pela comissão julgadora da Expotec 2017, evento integrante da Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão 2017 (Sepex 2017).

A feira é realizada anualmente pela Fundação Cecierj, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social, com o objetivo de promover e popularizar a ciência no estado do Rio de Janeiro, através de projetos de pesquisa em diversas áreas, desenvolvidos no ambiente escolar. A edição deste ano ocorreu nos dias 25 e 26 de novembro, no campus Maracanã do Cefet/RJ.

registrado em:
Fim do conteúdo da página