Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Campus Petrópolis tem doze finalistas na Olimpíada Brasileira de Informática

Publicado: Segunda, 09 de Setembro de 2019, 08h56 | Última atualização em Segunda, 09 de Setembro de 2019, 08h57 | Acessos: 88

Alunos participam da 1ª fase da Olimpíada Brasileira de Informática no campus Petrópolis

Foi divulgado, nesta semana, o resultado da 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI), uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Computação. Doze alunos que participaram do projeto de extensão “Grupo de Treinamento para Competições de Programação” (GTComP), do Cefet/RJ campus Petrópolis, se classificaram para a etapa final da OBI, que será realizada no dia 21 de setembro.

 Realizada em três fases (local, estadual e nacional), a OBI tem entre seus objetivos estimular o interesse pela computação e por ciências em geral, proporcionar novos desafios aos estudantes e identificar talentos em Ciência da Computação. A competição também é dividida em sete níveis, organizados em duas modalidades – iniciação e programação. Os alunos finalistas pelo campus Petrópolis competiram na modalidade Programação, em três níveis: 1, para discentes até o 1º ano do ensino médio; 2, para discentes até o 3º ano do ensino médio; e Sênior, para discentes do 4º ano do ensino médio/técnico e 1º ano da graduação.

 Entre os classificados para a fase nacional, cinco são do curso de Engenharia de Computação, seis do curso técnico em Telecomunicações integrado ao ensino médio e um é externo à instituição. Para preparar os alunos para a OBI, o GTComP estabeleceu um plano de aulas para a competição e listas de exercícios para consolidar os assuntos abordados. 

 A classificação de doze alunos para a etapa final da OBI é o melhor resultado do Cefet/RJ campus Petrópolis. “Eu não poderia estar mais feliz. O trabalho vem crescendo a cada ano e tudo é compensado diante de um resultado como esse. Mas ainda não acabou: vamos com tudo pra 3ª e última fase!”, enfatizou o professor Douglas Cardoso, coordenador do GTComP.

 Confira os nomes dos finalistas: 

  • Caio Christian da Rocha – Engenharia de Computação
  • Eduardo Gomes – Engenharia de Computação
  • Guilherme Nuñez – Ensino médio integrado
  • Isaac Rabello – Ensino médio integrado
  • Lucas Bonfim – Engenharia de Computação
  • Lucas Melick – Ensino médio (externo)
  • Luiz Miguel Silva – Ensino médio integrado
  • Luís Paulo Abernaz Junior – Engenharia de Computação
  • Miguel Teixeira – Ensino médio integrado
  • Samir Copar – Ensino médio integrado
  • Sylvio Bulhões – Engenharia de Computação
  • Yaho Mahler – Ensino médio integrado

 

Fim do conteúdo da página