Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Equipe Wolfbotz recebe moção de louvor do Conselho Diretor

Publicado: Segunda, 07 de Outubro de 2019, 11h19 | Última atualização em Segunda, 07 de Outubro de 2019, 11h21 | Acessos: 661

Alunos e professores orientadores da equipe Wolfbotz com o diretor pro tempore Maurício Aires Vieira e o conselheiro Paulo Cesar Bittencourt

A equipe de robótica Wolfbotz recebeu, na sexta-feira, dia 4 de outubro de 2019, uma moção de louvor do Conselho Diretor, durante sua 5ª sessão ordinária. A homenagem se deu pela conquista do 1º lugar nacional na categoria Sumô Mini da Competição Smile de Robótica, realizada em maio de 2019, no Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano do Sul, São Paulo.

A proposição da moção foi feita pelo conselheiro Paulo Cesar Bittencourt, que destacou a importância de a comunidade do Cefet/RJ e a sociedade como um todo conhecerem e reconhecerem o trabalho dos alunos. “Diversas vezes presenciei esses estudantes trabalhando até tarde, fora do horário regular, e esse esforço precisa ganhar reconhecimento.”

A Wolfbotz é a equipe de robótica do ramo estudantil IEEE Cefet/RJ. A equipe é formada por nove alunos das graduações em Engenharia Mecânica, Eletrônica e de Controle e Automação, orientados pelos professores André Luis Costa Canella e Alexandre Silva de Lima.

Alexandre, professor do Departamento de Mecânica, deu ênfase à importância da participação dos alunos em competições estudantis. “Nesse caso, como era uma competição nacional, eles tiveram contato com várias universidades públicas e particulares. Esses eventos proporcionam uma troca de conhecimento muito interessante.”

Ao comentar a felicidade pelo recebimento da moção, o professor André Luis, do Departamento de Eletrônica, falou da importância de continuar estimulando o envolvimento dos alunos em projetos de extensão. “Essa moção é de grande importância para nós, trabalhamos para que os alunos se envolvam cada vez mais em ações desse tipo. Esse trabalho de extensão é essencial, porque é uma forma de o aluno atuar como profissional.”

O membro da Wolfbotz Juan Victor Paz, estudante de Engenharia Eletrônica, contou que a equipe participa de competições e eventos há cerca de três anos e que possuem um portfólio extenso de premiações. “Alcançamos ótimos resultados nesse tempo, com dinheiro próprio, venda de rifas, apoio de empresas e vaquinhas virtuais. A moção de louvor é um primeiro reconhecimento oficial vindo da instituição e a gente espera que ela represente também um maior respaldo para esses projetos, como a cessão de laboratórios e a divulgação dessas conquistas.”

Clique para ver a Moção de Louvor do Conselhor Diretor do Cefet/RJ à equipe Wolfbotz.

Fim do conteúdo da página