Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Conteudo do Menu Superior > Area de imprensa > Cefet/RJ comemora 100 anos com programação aberta ao público
Início do conteúdo da página

Cefet/RJ comemora 100 anos com programação aberta ao público

Publicado: Segunda, 07 de Agosto de 2017, 12h23 | Última atualização em Segunda, 07 de Agosto de 2017, 12h23 | Acessos: 923

O Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ) completa 100 anos no dia 11 de agosto de 2017. Para marcar a data, a instituição preparou uma programação especial aberta ao público. O auge das festividades será o lançamento oficial da medalha comemorativa cunhada pela Casa da Moeda para homenagear o Cefet/RJ. Essa solenidade terá início às 11 horas, no campus Maracanã, situado na Avenida Maracanã, nº 229.

Às 12 horas, haverá a estreia do novo espetáculo do Bandão do Cefet, grupo institucional que desenvolve atividades educativas e culturais integrando as linguagens musical, poética e dramática. O Bandão cantará em verso e prosa o centenário da instituição. Momentos históricos importantes serão lembrados com músicas populares brasileiras que marcaram época no Rio de Janeiro e no mundo. A história musical do país começa sendo contada no ano do lançamento do primeiro samba brasileiro, em 1917, passa por períodos como o do Estado Novo, que consagrou Carmen Miranda no cenário internacional, e lembra ainda a época dos festivais da canção do período da ditadura militar.

A programação também inclui a apresentação da Companhia Folclórica do Rio – UFRJ, às 14 horas. O grupo, formado por professores, funcionários e alunos da UFRJ, presenteará o Cefet/RJ com uma amostra de suas produções artísticas. Às 17 horas, as atividades serão encerradas ao som do Coral da Caixa Econômica Federal.

Aliando a tradição do ensino técnico à formação nos níveis de graduação e pós-graduação, o Cefet/RJ se expandiu pelo estado do Rio de Janeiro. As primeiras unidades descentralizadas surgiram na região metropolitana, na cidade de Nova Iguaçu, em 2003, e no bairro carioca de Maria da Graça, em 2006. Em seguida, a política de expansão continuou pelo interior do estado. Em 2008, foram inaugurados campi nas cidades de Petrópolis e Nova Friburgo. Em 2010, o Cefet/RJ chegou aos municípios de Itaguaí, Valença e Angra dos Reis. Os campi do interior foram criados com o propósito primordial de formar profissionais nas áreas associadas às potencialidades econômicas regionais.

Fim do conteúdo da página