Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Primeira tese em Instrumentação e Óptica Aplicada será defendida dia 19
Início do conteúdo da página

Primeira tese em Instrumentação e Óptica Aplicada será defendida dia 19

Publicado: Segunda, 18 de Março de 2019, 13h01 | Última atualização em Segunda, 18 de Março de 2019, 13h01 | Acessos: 420

A primeira tese de doutorado do Programa de Pós-graduação em Instrumentação e Óptica Aplicada (PPGIO) vai ser defendida nesta terça-feira, dia 19 de março. O trabalho, com o título “Análise de materiais modificados por íons energéticos: estudo da radiólise de moléculas sólidas por espectroscopia de infravermelho”, de autoria de Rodrigo Coelho Pereira, foi orientado pela professora Ana Lucia Ferreira de Barros, do Cefet/RJ. A defesa acontece às 10 horas, no auditório do 5º andar do bloco E.

A Banca Examinadora será composta ainda pelos professores Enio Frota da Silveira (PUC-Rio), Daniele Fulvio (PUC-Rio), Diana Paula Andrade (Observatório do Valongo – UFRJ) e Maria Thereza Rocco (Instituto Militar de Engenharia).  O autor da tese explica que seu estudo é interdisciplinar, envolvendo as áreas de Ciência de Materiais, Química, Física Molecular, Física das Colisões com íons rápidos em sólidos e Astroquímica. A pesquisa visou estudar a interação de feixes de íons energéticos com gases condensados de interesse astrofísico através da simulação de eventos cósmicos em laboratório.

O Programa de Pós-graduação em Instrumentação e Óptica Aplicada (PPGIO) tem por objetivo geral a investigação, a formação acadêmica e o desenvolvimento tecnológico nas áreas de Instrumentação Científica e Tecnológica e Óptica Aplicada. O curso de doutorado do PPGIO prepara o aluno para a liderança e a geração de conhecimento na pesquisa, no ensino, no desenvolvimento tecnológico e na inovação nas diversas aplicações da Instrumentação Científica e Tecnológica e da Óptica. Aprovado e reconhecido em 2014 pelo Ministério da Educação (MEC) e avaliado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com conceito 4, é formado pela associação do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca com a Universidade Federal Fluminense e seu quadro docente conta com 14 docentes dessas instituições.

registrado em:
Fim do conteúdo da página