Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Importância da ciência para o futuro do planeta é destaque na abertura da Sepex 2023
Início do conteúdo da página

Importância da ciência para o futuro do planeta é destaque na abertura da Sepex 2023

Publicado: Quarta, 18 de Outubro de 2023, 20h12 | Última atualização em Quarta, 18 de Outubro de 2023, 21h52 | Acessos: 993

Sepex 2023 discute o papel da ciências básicas para o desenvolvimento sustentável

A Semana de Ensino Pesquisa e Extensão do Cefet/RJ foi iniciada, nesta quarta-feira (18), em cerimônia realizada no Auditório 1 da Unidade Maracanã. Na edição de 2023, o objetivo do evento é abordar o papel das ciências básicas para o desenvolvimento sustentável. Na mesa de abertura, estiveram presentes o diretor-geral do Cefet/RJ, Mauricio Motta, além da vice-diretora, Gisele Vieira, da diretora de Ensino, Dayse Pastore, da diretora de Extensão, Renata Moura, do diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Ronney Boloy e da diretora de Gestão Estratégia, Célia Machado. Veja as fotos da cerimônia.

Em sua fala, o diretor-geral lembrou que a Sepex representa o trabalho desenvolvido por estudantes e docentes no decorrer de um ano inteiro e é o momento para mostrar à sociedade que o Cefet/RJ é uma instituição preocupada em produzir ciência e fazer a diferença na vida das pessoas. A vice-diretora ressaltou a relevância do tema escolhido para este ano, que discute a importância da ciência como aliada da preservação de recursos naturais para o futuro das próximas gerações e visando ao bem de todos.

Durante a sua palestra, Tatiana Roque, secretária municipal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro e professora titular do Instituto de Matemática da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez um apanhado histórico da produção científica e tecnológica mundial. Segundo ela, a ideia de progresso existente por conta dos avanços da ciência foi colocada em xeque à medida que as novas descobertas eram usadas para fins controversos, em guerras, dizimando parcelas da humanidade consideradas descartáveis. Hoje, a credibilidade da ciência é confrontada pelo negacionismo, sobretudo no tema ambiental.

– Toda a comunidade científica já atestou que as mudanças climáticas no planeta ocorrem por causa da emissão de gases de efeito estufa, derivados de combustíveis fósseis. Entretanto, os setores responsáveis pela emissão desses poluentes tentam descredibilizar a ciência, pois ela traria transformações políticas e sociais profundas e consequentes prejuízos a essas empresas. É preciso produzir ciência pensando no desenvolvimento sustentável para termos um futuro possível – destacou a palestrante.

A secretária municipal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Tatiana Roque, foi a convidada da abertura da Sepex 2023

A cerimônia foi concluída com a apresentação do Bandão do Cefet/RJ, projeto de extensão ligado à Coordenação de Artes da Unidade Maracanã. O Bandão exibiu o espetáculo intitulado “O tempo”, apresentando repertório variado, com canções da música popular brasileira. No decorrer da semana, a Sepex terá continuidade, nas oito unidades da instituição, com apresentações de projetos de alunos da educação técnica de nível médio e da graduação (Expotec e Exposup), além de palestras, mesas-redondas, comunicações livres, oficinas, minicursos, atividades artístico-culturais e diversas outras atrações. Para conferir a programação completa, acesse a página da Sepex 2023.

Na Unidade Maracanã, projetos da Sepex 2023 estão sendo expostos no Pátio Azul e abrangem diversas áreas da ciência

registrado em:
Fim do conteúdo da página