Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Últimas semanas para a submissão de trabalhos ao CIEEMAT
Início do conteúdo da página

Últimas semanas para a submissão de trabalhos ao CIEEMAT

Publicado: Segunda, 17 de Agosto de 2015, 14h30 | Última atualização em Terça, 01 de Dezembro de 2015, 17h19 | Acessos: 2621

Termina, no dia 31 de agosto, o prazo para a submissão de trabalhos ao Congresso Ibero-Americano de Empreendedorismo, Energia, Meio Ambiente e Tecnologia (CIEEMAT). Podem ser enviados artigos de autoria de pesquisadores, professores, graduandos e pós-graduandos que atuem em áreas afins ao tema do evento. A aceitação ou não dos trabalhos será notificada no dia 30 de setembro.

Os artigos aceitos serão submetidos a uma nova avaliação durante o congresso e os 24 mais bem qualificados serão publicados nas revistas científicas Tecnologia & Cultura, do Cefet/RJ, e Holos, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). O congresso será realizado entre os dias 18 e 20 de novembro, no campus Angra dos Reis.

O CIEEMAT nasce com a proposta de promover a troca de experiências sobre tecnologias energética e ambientalmente sustentáveis e metodologias de análise de operação e planejamento de sistemas energéticos. De acordo com o professor e organizador, Ronney Mancebo, a criação do congresso levou em consideração “a demanda mundial por processos energéticos sustentáveis baseados na inovação tecnológica, que tem crescido muito nos últimos anos”.

O evento contará com a presença de palestrantes de renomadas instituições brasileiras, como a Eletronuclear, a Embrapa de Campo Grande (MS), a Universidade de São Paulo – Lorena (USP-Lorena), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a Universidade Federal de Roraima (UFRR) e a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A expectativa é que o congresso se consolide como um dos mais importantes fóruns de discussão sobre energia, meio ambiente, tecnologia e empreendedorismo do interior do estado do Rio de Janeiro e alcance abrangência internacional, atraindo especialistas de países como Argentina, Equador, Colômbia, Venezuela, Chile, Peru, Paraguai, Cuba, Portugal e Espanha.

Acesse o site do congresso para mais informações.

 

Fim do conteúdo da página