Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Equipe da Uned Petrópolis compete na final da Maratona de Programação nesta semana
Início do conteúdo da página

Equipe da Uned Petrópolis compete na final da Maratona de Programação nesta semana

Publicado: Quarta, 15 de Março de 2023, 19h45 | Última atualização em Quarta, 15 de Março de 2023, 19h45 | Acessos: 734

De 16 a 18 de março, o Cefet/RJ Uned Petrópolis vai representar a cidade imperial na final brasileira da Maratona de Programação. O time Crias do Douglas – formado por Eduardo Gomes, Mateus Garcia e Roger Passos, estudantes do curso de Engenharia de Computação da unidade – se classificou para a final em outubro de 2022, quando foi realizada a etapa regional. A colocação da equipe naquela fase garantiu que o Cefet/RJ ficasse entre as quatro melhores instituições do estado. 

O evento, considerado a principal competição de programação do país, acontecerá em Campo Grande (MS). Organizada, anualmente, pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), a maratona é voltada para alunos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins. Os times são compostos por três estudantes, que buscam resolver problemas sob pressão durante cinco horas, usando conhecimentos de programação e algoritmos.

Cefet/RJ Uned Petrópolis e a Maratona de Programação

“A expectativa é boa. A gente quer sempre melhorar o desempenho do ano anterior. Estamos ansiosos para competir e repetir o evento, em que a gente acaba conhecendo muita gente e trocando experiências”, afirmou Roger Passos. Essa é a terceira participação consecutiva do Cefet/RJ Uned Petrópolis na final da maratona, a terceira de Roger e Mateus Garcia, e a segunda de Eduardo Gomes. Ao todo, 556 equipes de 170 instituições brasileiras competiram na primeira etapa, que selecionou cerca de 60 vagas para a final.

A equipe da unidade vem participando de simulados on-line e se preparando para a competição de forma mais assídua nos últimos dias. O nome registrado pelo trio na Maratona – Crias do Douglas – é uma homenagem ao então professor da Uned Petrópolis Douglas Cardoso, que coordenou por cinco anos o Grupo de Treinamento para Competições de Programação (GTComP) da instituição, iniciativa que estimulou a participação de diversos alunos e focou na capacitação das equipes para a maratona.

O diretor da Uned Petrópolis, Felipe Henriques, destacou a importância de todo o processo de estudo e treinamento envolvido para que os alunos finalistas atingissem um nível elevado de maturidade e competitividade. “Com certeza, a alta qualificação do nosso corpo docente, assim como seu comprometimento com o Grupo de Treinamento (GTComP), fez toda a diferença. Cumpre destacar a importância do professor Douglas Cardoso, que tanto se dedicou a este projeto. A homenagem registrada no nome da equipe mostra isso!”, ressaltou Henriques.

A participação do time do Cefet/RJ na final brasileira da Maratona de Programação deve-se também ao apoio financeiro do Serratec (Parque Tecnológico da Região Serrana), que já havia viabilizado a viagem dos estudantes para a final brasileira em Gramado (RS) em 2022 e reforçou novamente seu apoio em 2023.

Guilherme da Motta Alves, presidente do Serratec, ressaltou que garantir a participação dos finalistas está em concordância com os pilares estruturantes da instituição. “Nós do Serratec, como parque de tecnologia da região, nos vimos envolvidos e na obrigação de promover essa ida dos alunos do Cefet/RJ. É mais uma oportunidade que eles têm de levar o nome de Petrópolis a uma competição de importância nacional. O propósito do Serratec é desenvolver pessoas e a Região Serrana do Rio. Nós acreditamos muito nos talentos e no potencial das pessoas que vivem aqui”, afirmou Alves.

 

Fim do conteúdo da página