Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Aluna do Cefet/RJ campus Nova Iguaçu é selecionada para o Programa Jovens Embaixadores

Publicado: Quarta, 29 de Novembro de 2017, 14h11 | Última atualização em Sexta, 01 de Dezembro de 2017, 14h38 | Acessos: 265

A aluna Bárbara Lúcia Martins Barboza, do terceiro ano do curso de Informática do campus Nova Iguaçu, foi uma das estudantes brasileiras do ensino médio selecionadas para participar do Programa Jovens Embaixadores 2018, promovido pela Embaixada dos Estados Unidos no país. Bárbara, quarta aluna do campus Nova Iguaçu escolhida para este programa, apresentou a proposta de desenvolvimento de um aplicativo para assistir deficientes visuais por meio da conversão de imagens em texto e áudio. Segundo a aluna, a ideia surgiu “do desejo de fazer algo que pudesse ser mais significativo ou gerar um impacto social”. O aplicativo, que já possui uma versão beta, foi desenvolvido junto com o aluno Lucas Montijo, da mesma turma da Bárbara, e teve a orientação do professor Henrique Viana.

Bárbara Barboza conta que o aplicativo consiste na conversão de uma imagem em texto e, depois, em voz. “Ou seja, o deficiente visual poderá ouvir, através dessa conversão simultânea, tudo o que ele gostaria de ler. O foco maior desse aplicativo é a leitura de livros, visto que existem poucos audiolivros disponíveis”, enfatizou. Um próximo passo será levar o aplicativo para ser avaliado pelos próprios deficientes visuais, provavelmente no Instituto Benjamin Constant.

Os selecionados irão viajar em janeiro de 2018 para um programa de três semanas nos Estados Unidos. Durante a primeira semana, conhecerão Washington D.C., capital norte-americana, participarão de reuniões com organizações do setor público e privado, visitarão escolas e projetos sociais e participarão de oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem. Em seguida, serão divididos em grupos menores e viajarão para diferentes cidades dos Estados Unidos, onde serão recebidos por famílias-anfitriãs e frequentarão aulas em escolas locais, além de participar de atividades sociais e culturais com apresentações sobre o Brasil.

O Programa Jovens Embaixadores é promovido pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas. Entre os principais colaboradores do programa, estão o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos. Criado em 2002, o programa tem como alvo alunos do ensino médio da rede pública brasileira que, além de possuir excelente desempenho escolar e fluência na língua inglesa, são exemplos em termos de liderança, atitude positiva e trabalho voluntário.

Mais informações:

https://br.usembassy.gov/pt/selecionados-jovens-embaixadores-2018/

Fim do conteúdo da página