Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Maracanã
Início do conteúdo da página

Campus Maracanã - Apresentação

Publicado: Terça, 02 de Junho de 2015, 19h39 | Última atualização em Quinta, 07 de Janeiro de 2016, 15h36 | Acessos: 129420


O campus Maracanã é o que acumula a trajetória histórica do Cefet/RJ, que se iniciou em 1917, com a Escola Normal de Artes e Ofícios do então Distrito Federal, mais tarde denominada Escola Técnica Nacional. Em 1942, a instituição ganha a referência da rede federal de estabelecimentos de ensino industrial, e assiste, posteriormente, à transformação de Escola Técnica Federal em Centro Federal de Educação Tecnológica, em 1978.

A partir desse ano, o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca passou a ter objetivos conferidos a instituições de educação superior, devendo atuar, como autarquia de regime especial vinculada ao então Ministério da Educação e Cultura, na oferta de cursos de graduação e pós-graduação, em atividades de extensão e na realização de pesquisas na área tecnológica.

Expandida academicamente e em área física, o campus Maracanã chegou ao presente com atividades de educação básica, profissional e superior, assumindo a missão institucional de promover a educação mediante atividades de ensino, pesquisa e extensão que propiciem, de modo reflexivo e crítico, a formação integral (humanística, científica e tecnológica, ética, política e social) de profissionais capazes de contribuir para o desenvolvimento cultural, tecnológico e econômico da sociedade.

Nesse campus, encontra-se a administração superior do Cefet/RJ, que tem, como órgão executivo, a Direção-Geral e, como órgão deliberativo, o Conselho Diretor.

Ocupando um terreno de 34.382m2, o campus dispõe de 64.818m2 de área construída, subdivididos em dois campi, 11 blocos e seis pavilhões. São 72 salas de aula, 166 laboratórios e oficinas, nove auditórios, uma biblioteca, duas videotecas, um complexo esportivo com quadras, ginásio, piscina e pista de atletismo, entre outros espaços de natureza educativa. Além de salas destinadas à administração superior, a atividades técnicas e administrativas, a serviços para a comunidade interna (restaurante, cantina, papelaria, agências bancárias) e a entidades representativas dos diferentes segmentos dessa comunidade, funcionam, também, um centro de recursos didáticos, uma gráfica e uma unidade de atendimento médico-odontológico.

No Maracanã, atuam 442 docentes – sendo 60,63% com titulação de mestre ou doutor – e 326 técnico-administrativos.

O campus oferece os cursos técnicos em Administração; Edificações; Eletrônica; Eletrotécnica; Estradas; Informática; Mecânica; Meteorologia; Segurança do Trabalho; Telecomunicações e Turismo. Possui, ainda, os cursos subsequentes de Administração; Edificações; Eletrônica; Eletrotécnica; Informática; Mecânica; Segurança do Trabalho e Telecomunicações. No nível superior, conta com as graduações em Administração; Ciência da Computação; Engenharia Civil; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia Elétrica; Engenharia Eletrônica; Engenharia Mecânica; Engenharia de Produção; Engenharia de Telecomunicações; Gestão Ambiental; Línguas Estrangeiras Aplicadas a Negociações Internacionais e Sistemas para Internet. Oferece também cursos de mestrado em Tecnologia; Ensino de Ciências e Matemática; Engenharia Mecânica e Tecnologia de Materiais; Engenharia Elétrica; Ciência, Tecnologia e Educação; Relações Étnico-raciais; Filosofia e Ensino; doutorado em Ciência, Tecnologia e Educação e também em Instrumentação e Óptica Aplicada; e pós-graduação lato sensu em Ensino de Filosofia na Prática Docente; Ensino de Línguas Estrangeiras; Relações Étnico-Raciais e Educação; Trabalho, Tecnologia e Educação; e Letramento(s) e Práticas Educacionais.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página