Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bacharelado em Sistemas de Informação é a primeira graduação do campus Maria da Graça

Publicado: Quarta, 06 de Junho de 2018, 13h17 | Última atualização em Quinta, 21 de Junho de 2018, 11h00 | Acessos: 2412

O campus Maria da Graça iniciará sua primeira graduação no segundo semestre de 2018. O bacharelado em Sistemas de Informação ofertará 30 vagas, terá duração de quatro anos e meio e aulas no turno da noite. “O curso alça o campus a um novo patamar, com a oferta de ensino também no nível superior. Além disso, representa um marco para o Cefet/RJ, pois, com a criação desse bacharelado, todos os campi da instituição passam a contar com cursos de graduação”, afirma a diretora de Ensino, Gisele Vieira.

A expectativa institucional em relação ao bacharelado é elevada. “O curso possui todos os requisitos para ser bem-sucedido, oferecendo formação profissional superior de qualidade para a região de Maria da Graça. O projeto pedagógico foi muito bem estruturado, o corpo docente possui alta qualificação e o mercado de trabalho é muito amplo”, enumera Gisele.

A criação do bacharelado atende demandas regionais. Ainda não há instituições públicas que ofertem cursos superiores no bairro Maria da Graça e em seu entorno. Além disso, a região conta com a presença de indústrias de produção de eletrônicos e vem registrando um crescimento significativo de procura por profissionais capacitados para trabalhar na área de desenvolvimento de softwares.

De acordo com o gerente acadêmico do campus Maria da Graça, Alberto Boscarino Jr., “o projeto pedagógico do bacharelado foi elaborado por professores do curso técnico em Automação Industrial, seguindo a diretriz institucional de verticalização do ensino em diferentes níveis”. O novo curso contará com um corpo docente formado por 21 professores. Desse total, 75% já possuem titulação de mestre e 20% estão cursando o doutorado.

O coordenador do bacharelado, professor Felix Barros, explica que “o curso formará profissionais para atuar no desenvolvimento, uso e avaliação de tecnologias de informação em organizações dos três setores – público, privado e de organizações sem fins lucrativos –, seguindo padrões técnicos, éticos e morais”. A formação será baseada nos três pilares da educação superior: ensino, pesquisa e extensão.

O docente enfatiza, ainda, a abrangência do mercado de trabalho. “O bacharelado em Sistemas de Informação possui características multidisciplinares que habilitam o profissional a atuar em vários setores da economia, como comércio, indústria, automação industrial, sistemas financeiros, sistemas de saúde e sistemas de ensino.”

O processo seletivo para o bacharelado em Sistemas de Informação foi realizado por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). 

Fim do conteúdo da página