Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > covid-perguntas
Início do conteúdo da página

Perguntas frequentes

Publicado: Sexta, 17 de Abril de 2020, 19h11 | Última atualização em Sexta, 22 de Maio de 2020, 15h41 | Acessos: 3133

 

  

Comunidade acadêmica

 

  1. Sou estudante do Cefet/RJ e estou confuso e preocupado com as atividades. Como devo proceder?

Busque informações no nosso site (http://www.cefet-rj.br/) e junto aos setores responsáveis, pelos e-mails institucionais divulgados na seguinte página: http://www.cefet-rj.br/e-mails-para-atendimento-remoto.

 

  1. Sou estudante e tenho visto e ouvido muitas coisas nas redes sociais sobre as atividades no Cefet/RJ. Como devo proceder?

O Cefet/RJ utiliza as redes sociais apenas para divulgar atos e fatos que estão registrados em seu site institucional e documentos oficiais. Utilize nossos canais oficiais para buscar informações precisas.

 

  1. Sou estudante e minha família está passando dificuldades. O Cefet/RJ vai dar algum apoio aos estudantes com dificuldades?

Uma equipe multidisciplinar do Cefet/RJ está estudando uma forma de comprar alimentos com a verba do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Trata-se de uma verba limitada, mas que pode auxiliar alguns estudantes em condições de vulnerabilidade.

 

  1. Por que precisei responder a uma pesquisa sobre a disponibilidade de internet e/ou computador em casa?

A pesquisa faz parte de um levantamento sobre a infraestrutura de acesso à informação dos estudantes.

 

  1. Haverá aula on-line?

O Cefet/RJ organizou uma comissão com especialistas para estudar formas alternativas de ensino. O ensino a distância é apenas uma modalidade, e a aula on-line, um de seus instrumentos. Outras soluções de ensino serão encontradas e estabelecidas de forma inclusiva e institucionalizada através dos conselhos da instituição.

 

  1. A comissão que estuda formas alternativas de ensino vai impor sua decisão ao Cefet/RJ?

Não. Existem órgãos e conselhos competentes que irão analisar as propostas dessa comissão, buscando, nos colegiados e nos estudantes, soluções inclusivas e extraordinárias.

 

Programas no exterior

 

  1. Sou aluno do Cefet/RJ e estou em um programa fora do país. Como devo proceder em tempos de pandemia?

A Assessoria de Convênios e Relações Internacionais (ASCRI), via e-mail (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.), está prestando todas as informações necessárias e mantendo interlocução com as instituições internacionais parceiras.

 

  1. Teremos editais para bolsas no exterior este ano ainda?

A situação de pandemia limita, hoje, a projeção futura de retorno à normalidade e a disponibilização de qualquer edital nesse sentido. Contudo, a ASCRI está acompanhando os acontecimentos e conversando com as instituições parceiras para termos um encaminhamento quando essa situação se resolver.

 

Diplomas

 

  1. Preciso solicitar, com urgência, a emissão do meu diploma ou quero acompanhar minha solicitação já realizada. Como devo proceder?

Entre em contato, via e-mail, com a Secretaria Acadêmica de seu campus ou com o Departamento de Administração e Registros Acadêmicos (DERAC), se for do campus Maracanã. Para ter acesso à lista de e-mails, acesse: http://www.cefet-rj.br/e-mails-para-atendimento-remoto.

 

Calendário acadêmico

 

  1. O calendário acadêmico está suspenso. O que isso impacta na minha vida de estudante?

Vide resposta 1. Assim que houver uma previsão de retorno às aulas, o calendário será reorganizado, obedecendo à legislação vigente e aos trâmites da instituição para a readequação de um novo calendário com o respaldo da comunidade acadêmica.

 

  1. Quando voltaremos às aulas?

A instituição está acompanhando a evolução da pandemia e as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (COVID-19). Além disso, tem feito, continuamente, recomendações pontuais quanto às atividades no Cefet/RJ. O retorno normal às atividades depende de uma série de fatores. Retornaremos assim que tivermos segurança garantida e autorização das autoridades federais, estaduais e municipais competentes. Estamos em conversa permanente com o MEC e as instituições federais públicas do Rio de Janeiro e do país para desenvolver e deliberar ações conjuntas em prol de um retorno seguro e com o mínimo de prejuízos ao ensino.

 

  1. Existe uma previsão para retorno às aulas?

Não. Vide resposta 11.

 

  1. O semestre será cancelado?

A princípio, isso não está em questão. Já vivemos outros períodos longos de interrupção de aulas e o semestre foi readequado.

 

Servidores

 

  1. Sou servidor do Cefet/RJ. Por que tenho que fazer um relatório de minhas atividades?

O parágrafo único do art. 10, da Portaria Cefet/RJ nº 384, de 27 de março de 2020, definiu que o relatório individual de atividades desenvolvidas em regime de teletrabalho deverá ser preenchido semanalmente pelos servidores em regime de teletrabalho externo simplificado – exceto pelos ocupantes de Cargos de Direção (CD) – e encaminhado para as suas chefias imediatas, que deverão consolidar as informações da equipe. Esse instrumento é a única forma de comprovação do desenvolvimento das suas atividades remotas e serve para garantir aos órgãos de controle, de maneira transparente, que a instituição não está parada. Para saber mais, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/avisos/article?id=5010.

 

  1. Preciso de orientações quanto ao teletrabalho no Cefet/RJ. Como devo proceder?

O Cefet/RJ lançou um guia contendo recomendações e dicas para auxiliar o trabalho dos servidores de forma remota durante o período de suspensão das atividades presenciais da instituição. Para saber mais, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/noticias/article?id=4969.

 

  1. Tenho dúvidas sobre minha adaptação postural e atividades físicas durante o período de teletrabalho e isolamento social. O que posso fazer?

Diante da necessidade de se manter em isolamento devido ao avanço da pandemia de COVID-19, o professor de Educação Física do Cefet/RJ Rafael Mota preparou uma série de vídeos para ajudar servidores, alunos e seus familiares a manterem o corpo em movimento, especialmente para aqueles que costumam ficar trabalhando ou estudando sentados durante muito tempo. Para assistir aos vídeos, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/noticias/article?id=4989.

 

  1. Sou servidor e estou com problemas de adaptação ao distanciamento social. O Cefet/RJ pode me ajudar?

A Divisão de Atenção à Saúde e Perícias do Departamento de Gestão de Pessoas (DASPE/DGP), está oferecendo acolhimento remoto individual de psicologia aos servidores e aos trabalhadores terceirizados do Cefet/RJ que tenham interesse. Para saber mais, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/avisos/article?id=5000.

 

Docentes

 

  1. Sou professor. Estou impedido de dar aula?

Não. A interação professor/estudante é uma das razões de existência desta instituição. Entretanto, orientamos que essa interação seja inclusiva e que, até ser institucionalizada, não servirá de base para a complementação formal das atividades de ensino previstas academicamente.

 

Ações voluntárias

 

  1. O Cefet/RJ apoia ações voluntárias de combate à COVID-19?

Sim. Para isso, é preciso submeter um projeto estruturado ao Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (COVID-19), através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. O Comitê dará todas as instruções para que o projeto seja reconhecido pela instituição e pode, ainda, ajudar nas informações sobre a estrutura do projeto. Hoje, com a infraestrutura comprometida e recursos limitados, o que podemos oferecer é nosso apoio em formato de reconhecimento. Nesse sentido, a instituição espera que esses projetos tenham soluções particulares para a manutenção da segurança de seus voluntários e custos do projeto.

 

  1. Existe um coordenador de ações voluntárias no Cefet/RJ?

Não. Todo servidor pode apresentar um projeto, obedecendo aos critérios legais e sujeito à aprovação do Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (COVID-19). Caso aprovado, o servidor coordenará apenas essa ação voluntária.

 

  1. Gostaria de ser voluntário em uma das iniciativas de combate à COVID-19 apoiadas pelo Cefet/RJ. Como devo proceder?

O Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (COVID-19) pode disponibilizar, através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., uma listagem dos projetos voluntários reconhecidos pela instituição. Entre em contato com os responsáveis por esses projetos e informe-se sobre como você pode ajudar. Não existe uma coordenação única de voluntários, cada campus está desenvolvendo ações que atendam às necessidades de sua comunidade.

 

Sisu/Enem

 

  1. O Cefet/RJ se pronunciou quanto ao calendário do Enem?

Sim, articulado com outras instituições federais do Rio de Janeiro e do Brasil. Leia a nota dos dirigentes máximos das instituições públicas de ensino no RJ: http://www.cefet-rj.br/index.php/component/content/article?id=5045.

 

  1. Teremos novas entradas de estudantes via Sisu no segundo semestre de 2020?

Em breve, teremos adesão ao Sisu 2020/2. Assim que houver uma definição do novo calendário, essas admissões serão estudadas.

 

Processos eletrônicos

 

  1. Tenho um processo pendente no Cefet/RJ e gostaria de saber seu andamento. Como devo proceder?

O Sistema de Acompanhamento de Processos (SAP) está funcionando normalmente para consultas. Em caso de dúvidas, você pode entrar em contato, via e-mail, com o departamento onde seu processo estiver e pedir orientações.

 

  1. Preciso abrir um processo. Como devo proceder?

Os processos administrativos estão tramitando eletronicamente.

Para se informar sobre os procedimentos de abertura de processos no formato eletrônico que não envolvem gestão de pessoas, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/component/content/article?id=5028.

Para se informar sobre os procedimentos de abertura de processos no formato eletrônico que envolvem gestão de pessoas, acesse: http://www.cefet-rj.br/index.php/component/content/article?id=4993.

 

Doações e recursos financeiros

 

  1. Tenho visto pessoas pedindo dinheiro em nome do Cefet/RJ em redes sociais. O que devo fazer?

O Cefet/RJ não autoriza a utilização de seus símbolos, logo ou marcas registradas para solicitação de dinheiro, mesmo que sejam doações.

 

  1. Como estão sendo direcionadas as verbas extras para combate à COVID-19?

Os recursos disponibilizados por órgãos fomentadores estão sendo publicizados e direcionados aos projetos já em desenvolvimento, registrados na DIREX, aprovados no Comitê Central de Acompanhamento do Coronavírus (COVID-19) e que precisam de orçamento para se manterem.

 

  1. Servidores podem solicitar recursos financeiros utilizando contas pessoais, contas de outros servidores ou de outras instituições?

Não. Nenhum servidor pode, em nome do Cefet/RJ, utilizar logo ou qualquer marca institucional para solicitar recursos financeiros. Os servidores que se utilizam de seus cargos e fazem uso da logo ou de qualquer marca institucional com esse propósito podem induzir leigos a doarem recursos acreditando que estes serão administrados pela instituição, o que é uma inverdade, já que o Cefet/RJ possui apenas a conta única da União. 

 

Segurança de alunos / docentes / servidores

 

  1. No retorno às aulas, serão disponibilizadas máscaras para toda a comunidade do Cefet/RJ?

Vide resposta 12. O Cefet/RJ garantirá todas as normas, procedimentos e equipamentos necessários para manter a segurança dos estudantes e servidores da instituição e da comunidade em geral. Não retornaremos às atividades até que isso seja garantido. Segurança não é assunto de discussão, é prioridade.

 

  1. Será disponibilizado álcool em gel para todos no retorno às aulas?

Vide resposta 29.

 

  1. Quantos alunos serão admitidos em sala de aula no retorno às aulas?

Vide resposta 29.

 

  1. Como ficará a situação dos servidores pertencentes ao grupo de risco em caso de retorno às atividades?

Vide resposta 29.

 

Ações da Direção-geral pro tempore

 

  1. Gostaria de monitorar as ações da Direção-geral pro tempore. Como devo proceder?

Todas as ações da Direção-geral pro tempore são registradas em portarias, que compõem um boletim de serviços mensal divulgado no site do Cefet/RJ. Acesse em: http://www.cefet-rj.br/index.php/departamento-de-recursos-humanos/boletim-de-servicos.

 

Desenvolvimento de experimentos / bolsistas / TCC

 

  1. Sou estudante e, antes da pandemia, desenvolvia um experimento com meu orientador. O que faço?

Converse com seu orientador. O acesso aos campi do Cefet/RJ está sendo liberado pontualmente em casos excepcionais.

 

  1. Sou bolsista de monitoria. Como vou trabalhar se as aulas presenciais estão suspensas?

A monitoria prevê uma série de atividades que podem ser desenvolvidas via teletrabalho. Converse com o professor responsável pela disciplina. Saiba mais em: http://www.cefet-rj.br/index.php/avisos/article?id=4975.

 

  1. Estou em fase de elaboração do meu TCC. O que devo fazer?

Converse com seu orientador. Na impossibilidade de contato com ele, fale com seu coordenador de curso. Os novos prazos serão definidos pelas coordenações e seus colegiados, obedecendo ao período formal para comunicação ao Departamento de Administração e Registros Acadêmicos (DERAC) sobre a conclusão dessa atividade.

 

Pós-graduação e pesquisa

 

  1. Mesmo com a pandemia, os editais continuam seguindo os prazos?

Os editais estão seguindo os prazos e procedimentos no processo de seleção.

 

  1. Como estão sendo feitas as defesas remotas?

As defesas remotas acontecem em função da decisão das coordenações, seguindo a orientação dos seus colegiados.

 

  1. Como buscar orientação quanto à iniciação científica?

As orientações sobre iniciação científica, mestrado e doutorado devem ser solicitadas diretamente aos orientadores.

 

  1. Como seguem as orientações referentes às bolsas concedidas pelos órgãos e agências de fomento no Cefet/RJ?

O Cefet/RJ segue as orientações sobre bolsas publicadas pelos órgãos e agências de fomento para todas as instituições.

 

Outras instituições

 

  1. Como fico sabendo das atividades de outras instituições públicas federais de ensino?

Acesse: http://portal.mec.gov.br/coronavirus/.

 

Dúvidas sobre a COVID-19

 

  1. O que é a COVID-19?

Em dezembro de 2019, uma nova doença foi identificada, inicialmente na China. Desde então, se espalhou por todo o mundo. Essa doença chama-se COVID-19 e é causada por um vírus da subfamília Coronavirinae, conhecido popularmente como coronavírus.

 

  1. O que é o SARS-CoV-2?

O SARS-CoV-2 é o nome dado ao novo coronavírus, que causa a COVID-19. É um coronavírus diferente de outros que causam infecção em seres humanos, como o SARS-CoV ou o MERS-CoV. Esse vírus ganhou a denominação de “novo coronavírus” por não haver relatos prévios dessa infecção em seres humanos. Acredita-se que esse vírus tenha se adaptado a partir de um coronavírus de morcegos e, por isso, passou a ter a capacidade de infectar seres humanos.

 

  1. Quais os principais sintomas da COVID-19?

Os sintomas da COVID-19 são muito amplos. Variam desde infecções assintomáticas até quadros graves de insuficiência respiratória que podem levar ao óbito. De uma forma geral, os sintomas mais comuns dessa doença incluem: febre, tosse seca, falta de ar, dor no corpo, dor de cabeça, dor de garganta, diarreia e vômitos. Outros sintomas foram descritos, como dores abdominais, manchas no corpo e nariz congestionado.

 

  1. Como é a transmissão da COVID-19?

A transmissão da doença se faz por contato com gotículas ou aerossóis produzidos durante a fala, espirros ou tosse. A pessoa se contamina quando inala essas partículas, e o vírus entra no organismo através das narinas, boca e olhos. Também pode ocorrer transmissão com contato de secreções de vias respiratórias de uma pessoa infectada, como secreções nasais e saliva. Alguns pesquisadores levantaram a possibilidade de infecção pelas fezes, mas essa via ainda não está confirmada como relevante para a infecção.

 

  1. Uma pessoa infectada pode transmitir a doença mesmo sem apresentar sintomas?

Sim. Estima-se que cerca de 80% das pessoas infectadas não apresentam sintomas, mas podem ser portadoras dos vírus e transmitir para outras pessoas.

 

  1. Como é feito o diagnóstico da COVID-19?

O diagnóstico pode ser sugerido através dos sintomas e da avaliação por profissional de saúde, mas exames diagnósticos são necessários para confirmação. São realizados exames a partir da coleta de secreções de vias aéreas superiores (nasofaríngeas) ou de sangue, para avaliar a presença do vírus ou a produção de anticorpos que confirmem a infecção.

 

  1. Como se proteger da COVID-19?

Para se prevenir do vírus, é importante evitar exposição na rua e fazer o isolamento em casa. Caso seja necessário sair de casa, evitar aglomerações e usar máscara na face, cobrindo o nariz, boca e queixo. Também é importante a lavagem das mãos com água e sabão, o uso de álcool em gel, evitar abraços, beijos e apertos de mão e evitar tocar em qualquer superfície em espaços públicos.

 

  1. O uso de máscaras caseiras está indicado para prevenção da COVID-19?

Sim. Embora não previnam a exposição completamente, alguns estudos sugerem que o uso disseminado de máscaras, mesmo as caseiras, reduz a transmissão populacional do vírus ao reduzir a disseminação de gotículas contaminadas pelas pessoas doentes, incluindo as assintomáticas.

 

  1. Existe tratamento para o COVID-19?

Não existe, até o momento, tratamento específico para a COVID-19. O tratamento é de suporte: uso de analgésicos, repouso, boa alimentação e hidratação. Pessoas com sintomas mais graves devem ser hospitalizadas para receber tratamentos mais específicos, como oxigênio ou ventilação artificial, caso necessário.

 

  1. O uso de antibióticos é eficaz para o tratamento da COVID-19?

Não. Os antibióticos são medicamentos usados para tratamento de bactérias e não matam vírus.

 

  1. Quanto tempo o vírus sobrevive em superfícies? Como higienizar as superfícies para prevenir a COVID-19?

Estima-se que o vírus possa permanecer vivo em superfícies por algumas horas a dias, portanto a higienização das superfícies é extremamente importante. O uso de água e sabão, água sanitária, hipoclorito 1% ou álcool 70% são indicados para a higienização das superfícies.

 

  1. Limpar a casa e os pisos com água sanitária mata o coronavírus?

Sim. A água sanitária pode ser utilizada para higienização da casa. Não é indicada, porém, para uso em mãos ou no corpo.

 

  1. Posso usar qualquer sabão para higienizar as mãos? E qualquer álcool em gel?

Sim. Qualquer sabão ou sabonete pode ser usado para higienizar as mãos, mas prefira aqueles que agridem menos a pele. O álcool em gel deve possuir 70% de etanol para gerar proteção contra a COVID-19. Verifique a concentração pela porcentagem indicada na embalagem.

 

  1. O que fazer com as roupas e sapatos quando chegar da rua para prevenção da COVID-19?

Os sapatos devem sempre ser deixados no lado de fora da casa. Retirar as roupas assim que chegar e colocá-las para lavar com água e sabão. Tomar banho sempre quando voltar para casa proveniente da rua.

 

  1. Quais são as pessoas em risco de doença mais grave?

Pessoas com doenças prévias, como doenças cardiovasculares (incluindo hipertensão arterial), diabéticos, pessoas com imunossupressão, gestantes, pessoas acima de 60 anos de idade, tabagistas de longa data, pessoas com doenças respiratórias crônicas (incluindo a asma).

 

  1. Qual o tempo de incubação da COVID-19?

Estima-se que o vírus tenha um período de incubação entre 1 e 14 dias, com média de 5 dias.

 

  1. Existe alguma medicação ou alimento que proteja contra o coronavírus?

Até o momento, não existe comprovação de que nenhuma medicação ou alimento previna a ocorrência da infecção. Por isso, as medidas de isolamento social, higienização das mãos e uso de máscaras são tão importantes.

 

  1. Devo suspender alguma medicação para doença preexistente pelo risco da COVID-19?

Não. Todas as medicações de uso crônico devem ser mantidas. Em caso de dúvidas, converse com seu médico assistente.

 

  1. Existe alguma vacina para a COVID-19?

Até o momento, ainda não existe vacina disponível para a COVID-19.

 

  1. Por quanto tempo é necessário o isolamento de uma pessoa com a doença?

Pessoas com a doença devem ser isoladas por 14 dias.

registrado em:
Fim do conteúdo da página