Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Arquiteta do Cefet/RJ organiza livro que aborda questões urbanas diante da pandemia
Início do conteúdo da página

Arquiteta do Cefet/RJ organiza livro que aborda questões urbanas diante da pandemia

Publicado: Quinta, 07 de Maio de 2020, 10h42 | Última atualização em Quinta, 07 de Maio de 2020, 11h14 | Acessos: 893

Os desafios trazidos pela pandemia de coronavírus moveram as arquitetas e urbanistas Leila Marques e Andrea Borges a organizarem o livro Coronavírus e as cidades no Brasil: reflexões durante a pandemia, lançado em 25 de abril. Leila é servidora do Cefet/RJ e participou da organização e autoria da publicação, que reúne mais de 30 artigos de 40 autores convidados. Os textos fazem um diagnóstico da situação das cidades brasileiras diante da pandemia de coronavírus, sob o enfoque das diversas questões ligadas ao ambiente urbano, como a educação, os transportes e as favelas.

Além de arquitetos e urbanistas, o livro reúne em torno do assunto especialistas, professores e pesquisadores de áreas multidisciplinares como História, Relações Internacionais, Economia e Filosofia. “Os autores abordam sob diferentes ópticas as principais questões urbanas das cidades atingidas pela COVID-19, analisando causas e efeitos, resgatando fatos recorrentes e notícias recentes, comparando momentos e cidades distantes e intermediando a dosagem entre o que pode ser remédio ou veneno para a sociedade”, explica Leila.

Além do diagnóstico, a publicação aponta indicações para um tratamento profilático dessas questões num futuro próximo. Leia um trecho do artigo assinado pela servidora Leila Marques:

“É, portanto, durante os tempos de ‘bonança’ que o governo precisa investir em equilíbrio social.  Dentro do padrão atual do desenvolvimento humano-científico em que a sociedade se encontra, é necessário e factível manter uma cidade socialmente sustentável, que, certamente, ofereceria condições muito mais próximas daquilo que se possa chamar de aceitável, em um caso como o da pandemia.”

O livro foi lançado durante o festival literário on-line LabFest, em que as organizadoras participaram de um bate-papo em torno do tema.

registrado em:
Fim do conteúdo da página