Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Nota de repúdio a ataques racistas direcionados a filha de professor do Cefet/RJ
Início do conteúdo da página

Nota de repúdio a ataques racistas direcionados a filha de professor do Cefet/RJ

Publicado: Quinta, 21 de Maio de 2020, 14h39 | Última atualização em Quinta, 21 de Maio de 2020, 14h39 | Acessos: 804
A Direção-geral pro tempore do Cefet/RJ vem a público prestar solidariedade à família do prof. dr. Mamour Sop Ndiaye, do Departamento de Engenharia Elétrica. A estudante Ndeye Fatou Ndiaye, filha do docente, foi vítima de ataques racistas realizados por colegas de escola em um grupo de conversas por aplicativo.
 
Ndeye é estudante de um colégio particular da zona sul do Rio de Janeiro. Segundo reportagem exibida nessa quarta-feira (20) no programa RJTV, da Rede Globo, a família registrou o caso na polícia.

O Cefet/RJ se solidariza com o professor  Mamour Ndiaye, reafirma seus valores sociais e éticos e o apoio e a proteção às pessoas da nossa comunidade.
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página