Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Cefet/RJ informa mudanças na comunicação institucional durante período de eleições
Início do conteúdo da página

Cefet/RJ informa mudanças na comunicação institucional durante período de eleições

Publicado: Quarta, 29 de Junho de 2022, 11h45 | Última atualização em Sexta, 15 de Julho de 2022, 16h31 | Acessos: 382

A Assessoria de Comunicação (ASCOM) e a Divisão de Programação Visual (DPROV) do Cefet/RJ informam que, durante o período eleitoral, de 2 julho a 2 de outubro de 2022, todas as redes sociais oficiais da instituição (Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube) serão desativadas. A medida poderá ser estendida até o dia 30 de outubro, caso haja segundo turno nas eleições presidenciais. As publicações no site www.cefet-rj.br e a divulgação nos e-mails institucionais de alunos e servidores seguem normalmente e serão as principais fontes de divulgação das notícias, avisos e eventos institucionais pelos próximos meses.

A decisão de suspender temporariamente o funcionamento das redes sociais atende às restrições à comunicação institucional que foram divulgadas pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) do governo federal e constam no Ofício Circular n° 257/2022/SEI-MCOM. A interação com o público externo se dará pelo e-mail Fale Conosco (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.), monitorado pela ASCOM. A recomendação é que os perfis extraoficiais criados e gerenciados por unidades/setores do Cefet/RJ também sigam as determinações estabelecidas pela Secom.

Outra medida a ser adotada pelos setores de Comunicação do Cefet/RJ durante o período eleitoral é a não divulgação de nomes e fotos de agentes públicos e candidatos em suas publicações. Conforme a Portaria SECOM/MCOM nº 5.973, de 28 de junho de 2022, a comunicação exercida pelos órgãos vinculados ao governo deverá se restringir a conteúdos de caráter educativo, informativo ou de orientação social. A veiculação de fatos noticiosos está permitida, desde que observados os limites da informação jornalística, com vistas a dar conhecimento ao público das ações de governo, sem menção a circunstâncias eleitorais.

Em caso de dúvidas, a Secom disponibilizou uma página com as perguntas mais frequentes (FAQ) sobre as restrições à comunicação durante o período eleitoral. Acesse as informações completas em: “Condutas vedadas aos agentes públicos federais em eleições – 2022”.

registrado em:
Fim do conteúdo da página