Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Professores
Início do conteúdo da página

Professores

Publicado: Sexta, 02 de Outubro de 2020, 18h11 | Última atualização em Segunda, 26 de Outubro de 2020, 18h22 | Acessos: 888

 i. Ambientes virtuais de aprendizagem

Ambientes virtuais de aprendizagem (AVA) podem ser entendidos como ambientes na Web utilizados por educadores para a realização de interação síncrona e assíncrona com os estudantes que se encontram em regime de afastamento social. Geralmente emprega ferramentas e funcionalidades que permitem o acesso a conteúdos e a realização de atividades não presenciais, por exemplo, de uma ou mais disciplinas. É viabilizada necessariamente com a utilização de tecnologias de hardware  (computador), software (programas) e a Internet (plataformas). 

No caso do CEFEt-RJ, o ambiente virtual de aprendizagem foi viabilizado Institucionalmente através do Microsoft Teams.

1. Microsoft Teams

Acesso online pela página do Registro do CEFET/RJ:

a) Acesse o https://registro.cefet-rj.br;

b) Insira seu CPF e a senha de acesso;

c) Clique no ícone para acessar o Email Institucional;

d) Insira a senha de seu e-mail institucional;

e) Na página do Office 365, que se abrirá, clique no ícone do Teams. Caso este não esteja visível, clique na seta de Todos os aplicativos e depois no ícone do Teams.

Para baixar o aplicativo para o celular, tablet ou desktop/notebook, basta clicar, no canto superior direito (ao lado da barra de pesquisa), no ícone do usuário. Uma pequena janela será aberta com a identificação do usuário e outras opções, dentre elas, a de baixar o aplicativo da área de trabalho (desktop/notebook) e o de baixar o aplicativo móvel (celular/tablet).

Obs.: Em alguns navegadores de celulares, não é possível acessar o Microsoft Teams online. Desta forma, após clicar no ícone na janela do Office 365, é aberta uma janela onde é possível baixar diretamente o aplicativo para o dispositivo.

Tutoriais e FAQs sobre o MS Teams:

Planos de fundo da Divisão de Programação Visual (DPROV) do CEFET-RJ para reuniões no Teams

 

2. RNP

Criada em 1992, a REDE NACIONAL DE ENSINO E PESQUISA (RNP) é uma rede avançada de alcance nacional para educação superior, pesquisa e inovação. Foram fundamentais na disponibilização da internet no Brasil. Atualamente continuam a promover o uso inovador de Tecnologias da Informação e Comunicação, impulsionando ciência e educação para todos os brasileiros.

Acesso: vídeo@rnp 

 

ii. Webconferências

Sistema preferencial de webconferências do CEFET-RJ: MS TEAMS - limites e especificações.

Como compartilhar telas e usar quadro branco no MS TEAMS:

 Saiba como agendar/reunir nas salas do MS TEAMS. (em construção colaborativa)

 

iii. Tutoriais e cursos sobre a produção de vídeos

Guia de gravação de videoaulas (RICHTER, 2020): "a princípio, gravar ou transmitir uma videoaula ao vivo para os seus alunos pode parecer um grande desafio. Para desfazer essa visão inicial, pretende-se demonstrar que é possível gravar ou transmitir uma video aula de qualidade usando recursos disponíveis fora do ambiente institucional". Produção da Divisão de Mídias Educacionais (DIMED/DEDED/DIREN) do CEFET-RJ.

Como criar e usar vídeos na Educação (NOVA ESCOLA, 2020): curso online gratuito com certificação.

Videoaulas+: dicas de como produzir um roteiro (SEDUC-SP, 2020): websérie produzida pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

Como gravar videoaula: confira 6 dicas simples (CANAL FUTURA, 2020): publicação com vídeo curto.

Educação a Distância da Ufes disponibiliza vídeos sobre preparação de aulas on-line:

Como produzir vídeos com celulares e tablets (SEAD UFRGS, 2020): (Curso gratuito de 20 h do LUMINA).

Gravação de vídeo aula: Um guia básico de emergência (UFPI, 2020): texto produzido pelo Prof. Flávio Ferry de Oliveira Moreira do departamento de computação da UFPI.

Minhas estratégias de ensino em tempos de coronavírus (publicação do prof. Prof. Ricardo Biloti do Departamento de Matemática Aplicada (UNICAMP, 2020).

Curso Como produzir vídeos com celulares e tablets (SEAD UFRGS, 2020).

Loom: software on-line que possibilita gravar vídeos compartilhando a tela e mostrando a imagem da webcam ao mesmo tempo. Tutorial para instalação e uso.

oCan – software para capturar a tela e o áudio do microfone do seu computador: vídeos com tutorial (aula 1, aula 2, aula 3, aula 4, aula 5).

InShot: aplicativo para edição de vídeos pelo celular (tutorial).

 

iv. Softwares para produção de vídeos:

OBS Studio

Loom – software on-line que possibilita gravar vídeos compartilhando a tela e mostrando a imagem da webcam ao mesmo tempo.

Microsoft Power Point (uso Institucional): como gravar uma apresentação de slides com os intervalos e narração de slide (na versão atual, nas versões mais antigas).

oCan – software para capturar a tela e o áudio do microfone do seu computador.

InShot – aplicativo para edição de vídeos pelo celular.

 

v. Ferramentas do Office 365 (disponíveis para uso Institucional)

 Todos os aplicativos abaixo são acessíveis pelo e-mail institucional do CEFET-RJ:

  1. Bookings: Simplifique o modo como você agenda e gerencia compromissos dentro e fora da sua organização.
  2. Calendário: Agende e compartilhe horários de reuniões e eventos, e receba lembretes automaticamente.
  3. Class Notebook: Organize seus planos de lições em um bloco de anotações digital e crie um espaço de trabalho para os alunos.
  4. Delve: Obtenha informações pessoais e relevantes baseadas nas pessoas e no conteúdo com que você trabalha.
  5. Dynamics 365: Divida os silos entre seus aplicativos e processos com o Microsoft Dynamics 365.
  6. Excel: Descubra e se conecte a dados, modele e analise-os e visualize informações.
  7. Forms: Crie pesquisas, testes e votações e veja facilmente os resultados em tempo real.
  8. Kaizala: Um aplicativo de chat móvel simples e seguro para o trabalho.
  9. MyAnalytics: Crie melhores hábitos de trabalho com informações sobre suas reuniões, email e horas de foco.
  10. OneDrive: Armazene, acesse e compartilhe seus arquivos em um só lugar (nuvem).
  11. OneNote: Capture e organize suas anotações em todos os seus dispositivos.
  12. Outlook: Envie e receba e-mails institucionais.
  13. Planner: Crie planos, organize e atribua tarefas, compartilhe arquivos e obtenha atualizações em andamento.
  14. Power Apps: Crie aplicativos Web e móveis com os dados que sua organização já usa.
  15. Power Automate: Crie fluxos de trabalho entre seus aplicativos, arquivos e dados para automatizar tarefas demoradas.:
  16. Power BI: Crie painéis de dados acionáveis, dinâmicos e envolventes e compartilhe com outras pessoas.
  17. PowerPoint: Editor de apresentações.
  18. SharePoint: Compartilhe e gerencie conteúdo, conhecimento e aplicativos para capacitar a equipe.
  19. Staff Notebook: Colabore com os professores e com a equipe para compartilhar políticas, procedimentos e calendários.
  20. Stream: Compartilhe vídeos de aulas, reuniões, apresentações e sessões de treinamento.
  21. Sway: Crie e compartilhe apresentações, histórias pessoais e relatórios interativos.
  22. Teams: O espaço de trabalho da equipe baseado em chat e personalizável no Office 365.
  23. To Do: Gerencie, priorize e conclua as coisas mais importantes que você precisa realizar todos os dias.
  24. Whiteboard: Idealize e colabore em uma tela de forma livre projetada para caneta, toque e teclado.
  25. Word: Editor de texto.
  26. Yammer: Conecte-se com colegas de trabalho e de classe.
 
vi. Ferramentas Alternativas

Filesender RNP: compartilhar arquivos na Rede Nacional de Ensino e Pesquisa.

Padlet: ferramenta on-line que permite a criação de um mural virtual dinâmico e interativo para registrar, guardar e partilhar conteúdos.

Kahoot! – aplicativo para a realização de questionários online em formato de jogo.

Prezi – software para a criação de apresentações não lineares.

Canva – plataforma de design gráfico que permite criar gráficos de mídia social, apresentações, pôsteres e outros conteúdos visuais.

Audacity – software livre de edição digital de áudio. Clique aqui para assistir um vídeo sobre como criar podcasts usando o software.

e-book (UNESCO, 2013): Policy guidelines for mobile learning. 

 
vii. Portais de Conteúdo

O que são? Exemplos (SEAD UFRGS, 2020). 

BIOE - Banco Internacional de Objetos Educacionais (MEC, 2020): é um repositório criado em 2008 pelo Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Rede Latinoamericana de Portais Educacionais - RELPE, Organização dos Estados Ibero-americanos - OEI e outros. Esse Banco Internacional tem o propósito de manter e compartilhar recursos educacionais digitais de livre acesso, mais elaborados e em diferentes formatos - como áudio, vídeo, animação, simulação, software educacional - além de imagem, mapa, hipertexto considerados relevantes e adequados à realidade da comunidade educacional local para o níveis de educação infantil a superior, respeitando-se as diferenças de língua e culturas regionais.

EduCAPES (CAPES, 2020): é um portal de objetos educacionais abertos para uso de alunos e professores da educação básica, superior e pós graduação que busquem aprimorar seus conhecimentos. Engloba em seu acervo milhares de objetos de aprendizagem, incluindo textos, livros didáticos, artigos de pesquisa, teses, dissertações, videoaulas, áudios, imagens e quaisquer outros materiais de pesquisa e ensino que estejam licenciados de maneira aberta, publicados com autorização expressa do autor ou ainda que estejam sob domínio público.

ARES (Acervo de recursos educacionais em saúde) (UNA-SUS, 2020): é uma plataforma digital que permite o acesso, o download e a reutilização de recursos educacionais digitais desenvolvidos pelas instituições da Rede UNA-SUS para o ensino-aprendizagem de trabalhadores da saúde. É um acervo público, com recursos em diferentes formatos, como textos, vídeos, imagens e materiais multimídia, nas mais diversas temáticas da saúde. Esses recursos educacionais são produzidos por instituições de ensino e profissionais de reconhecida competência na área da saúde para compor as ofertas educacionais do Sistema UNA-SUS, e são validados e aprovados pelo Ministério da Saúde. O ARES é alimentado de forma colaborativa e está alinhado aos princípios do Acesso Aberto, permitindo que qualquer pessoa possa acessar, baixar, copiar, distribuir e reutilizar os recursos educacionais livremente. Foi criado para atender os produtores e usuários de conhecimento em saúde, que necessitam cotidianamente de acesso a materiais confiáveis, seja para o ensino e a aprendizagem, seja para o apoio à prática profissional.

 
viii. Experiências com uso de Tecnologias

 No intuito de tornar a construção desta página o mais colaborativa possível, criou-se no MS TEAMS a equipe "FÓRUM DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS NÃO PRESENCIAIS", pública (ou seja, todos os usuários da Comunidade Acadêmica do CEFET-RJ que tiverem feito se registro CEFET-RJ poderão contribuir). Se você tem outras referências de uso de tecnologias que possam ajudar a potencializar as atividades acadêmicas não presenciais do CEFET-RJ, encaminhe via Forum para que possamos avaliar e publicar nessa página. 

 
ix. Estratégias pedagógicas

Produções da Divisão de Projetos Educacionais (DIPED) do CEFET-RJ: 

 
x. Direitos Autorais e de Imagem

Manual de Direitos Autorais (UEMG, 2020).

Direitos autorais no uso e na produção de materiais disponíveis na internet (UFV, 2020).

Boas práticas e Recomendações sobre Direito Autoral (SEAD UFRGS, 2020).

Boas práticas e Recomendações sobre Direito de Imagem (SEAD UFRGS, 2020):

Plágio acadêmico: Consequências e educação preventiva (SEAD UFRGS/BRUCH, 2017) 

Ferramentas que analisam documentos em busca de suspeitas de plágio: Google, Plagium, Plagiarism Checker

Licenças Creative Commons

Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998: altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorias e dá outras providências.

 
xi. Acessibilidade

Núcleo de Apoio aos Portadores de Necessidades Específicas (NAPNE)

 

xii. Normativas
  • Portaria de nº 1124, de 09 de outubro de 2020, que dispõe sobre as atividades acadêmicas temporárias não presenciais, síncronas e/ou assíncronas, no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, em razão da pandemia do novo Coronavírus, tratando de situação excepcional e transitória, por prazo indeterminado, até novas orientações dos setores de saúde.

 

xiii. Segurança Digital
  • Campanha #FiqueEsperto: Campanha de conscientização dos usuários sobre os perigos do compartilhamento de informações pela internet. A iniciativa une o governo federal e diversas entidades privadas na transmissão de dicas que auxiliam o usuário a identificar possíveis golpes e fraudes no mundo digital e aconselham sobre práticas seguras para realização de atividades on-line. Durante o período da campanha, serão apresentadas, mensalmente, novas dicas relacionadas aos problemas mais comuns e às medidas de prevenção que podem ser tomadas para evitá-los.  

 

 

 

Atividades acadêmicas não presenciais

Fim do conteúdo da página