Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sustentabilidade
Início do conteúdo da página

Sustentabilidade

Publicado: Quarta, 01 de Dezembro de 2021, 14h03 | Última atualização em Segunda, 05 de Setembro de 2022, 20h50 | Acessos: 1662

 

COMPROMISSO INSTITUCIONAL COM A SUSTENTABILIDADE

Política de Sustentabilidade Ambiental do CEFET/RJ

Saiba se seu projeto está alinhado com os objetivos da Política de Sustentabilidade Ambiental institucional.

Plano de Gestão de Logística Sustentável do CEFET/RJ

Conheça as propostas de ações de sustentabilidade e de racionalização do uso de materiais e serviços.

Divisão de Estratégia para Sustentabilidade Ambiental Institucional

Entenda as competências e as ações referentes à gestão e à educação ambiental desenvolvidas.

 

COMISSÕES E COMITÊS INSTITUCIONAIS

Entre em contato com os membros:

 - do Comitê de Sustentabilidade Ambiental Institucional (COSAI): O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- da Comissão Central de Coleta Seletiva Solidária (CCCSS): O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- da Comissão Interna de Conservação de Energia (CICE): O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE

Acesse os resultados das iniciativas sustentáveis desenvolvidas nos últimos anos.

- Relatórios sustentáveis 

 

AÇÕES DO CEFET/RJ

 - GESTÃO

O CEFET/RJ desenvolve práticas sustentáveis em seus campi, bem como adota e divulga iniciativas que se enquadram nos eixos temáticos da sustentabilidade. 

- Economia e Conservação de Energia
- Gerenciamento e Uso Sustentável de Água e Efluente
- Gestão de Resíduos Sólidos
- Sensibilização e Capacitação
- Licitações sustentáveis
- Qualidade de vida no ambiente de trabalho
- Obras Sustentáveis

 Essas iniciativas vêm sendo monitoradas através de um MODELO DE ACOMPANHAMENTO elaborado pela Divisão de Estratégia para Sustentabilidade Ambiental Institucional - DISAI.

 

- PESQUISA

O CEFET/RJ estimula o desenvolvimento de grupos de pesquisa e de projetos de iniciação científica, junto a seus estudantes de pós-graduação, de graduação e do ensino médio-técnico, no tocante à temática da sustentabilidade. Dessa forma, busca-se a integração de todos os níveis de ensino.

Ecoeconomias, ecoinovações e a abordagem do ciclo de vida (ECCOA)

Grupo de Empreendedorismo Energia Meio Ambiente e Tecnologia

Meio Ambiente e Eficiência Energética

Sistemas Energéticos e Ambientais (GSEA)

 

No gráfico a seguir, verifica-se uma quantidade de projetos de pesquisa, do tipo de iniciação científica, que foram desenvolvidos por professores dos campi do Cefet/RJ e estão relacionados à temática da sustentabilidade durante o período de 2019 a 2021.

 

Gráfico – Projetos de pesquisa na área da sustentabilidade (2019 a 2021)

Fonte: Elaboração própria a partir de COPET (2021). Disponível em: http://dippg.cefet-rj.br/index.php/pt/copet Acesso em 7 Jul. 2022.

 

Ao analisar a quantidade percentual dos projetos, dentro da temática da sustentabilidade, em relação ao número total de projetos institucionais de iniciação científica, percebe-se um leve crescimento no número desses projetos que em 2019, foi de cerca de 7,07% (23/325); 2020, aproximadamente, 9% (27/301) e em 2021, foi de 10,55% (23/218) (COPET, 2021).

No último ano, em 2021, destacaram-se alguns projetos de iniciação científica, desenvolvidos por professores do CEFET/RJ.

  • Adoção de instrumentos de avaliação da sustentabilidade para instituições de ensino superior;
  • Análise da gestão participativa em unidades de conservação do Estado do Rio de Janeiro;
  • Análise ambiental da utilização de óleos residuais para a produção de biodiesel;
  • As instituições de ensino superior nas conferências mundiais sobre desenvolvimento sustentável: a participação na Rio + 30;
  • Crimes Ambientais em Unidades de Conservação no Estado do Rio de Janeiro: mapeando problemas e propondo caminhos alternativos;
  • Métodos multicritério aplicados à sustentabilidade e gestão de risco das cadeias de suprimentos: Quais as interfaces?
  • O papel das inovações socioambientais na transição rumo a Economia Circular.

 Os projetos de iniciação científica iniciados em 2022 só finalizarão em 2023.

 

 - ENSINO

O CEFET/RJ possui cursos integrados, subsequentes, de graduação e de pós-graduação, que prepara seus alunos, futuros profissionais, para atuar em diversos segmentos, respeitando o meio ambiente.

TÉCNICO

Curso Técnico em Sistemas de Energias Renováveis

“(...) atuar em empresas públicas e privadas, bem como gerir seu próprio negócio. Empresas que atuam na instalação, manutenção, comercialização e utilização de equipamentos e sistemas que utilizam energia renovável; Grupos de pesquisa que desenvolvam projetos na área de sistemas de energia renovável; Órgãos da administração pública em setores específicos de energia renovável. (...) em diferentes segmentos da sociedade preocupados com a sustentabilidade socioeconômica-ambiental” (Objetivo do Curso Técnico Subsequente ao Ensino Médio Sistemas de Energias Renováveis, 2016)

GRADUAÇÃO

Bacharel em Engenharia Ambiental

“(...) visa formar profissionais aptos a atuar em várias áreas, tanto em organizações públicas ou privadas, quanto no meio acadêmico. O profissional da área terá uma sólida formação técnica nas áreas afins à biologia, ecologia, saneamento, recursos hídricos, gestão de resíduos, planejamento ambiental e urbano, entre outras. Desse modo, os egressos contribuirão para o desenvolvimento científico e tecnológico principalmente na avaliação, especificação e proposição de soluções ambientais, além de desenvolver projetos de conservação e recuperação dos recursos naturais, da biodiversidade, das condições sanitárias e ambientais, avaliar riscos ambientais e elaborar estudos/planos que visem à redução dos impactos determinados por ações humanas ou naturais.” (Projeto pedagógico do curso de Engenharia Ambiental, 2016)

 

Os CURSOS A SEGUIR possuem pelo menos uma disciplina que aborda a questão da sustentabilidade em seus contextos. Essa disciplina é chamada de CIÊNCIAS AMBIENTAIS OU CIÊNCIAS DO AMBIENTE OU GESTÃO AMBIENTAL OU ENGENHARIA AMBIENTAL OU EDUCAÇÃO AMBIENTAL OU INTRODUÇÃO À ENGENHARIA AMBIENTAL.

 

Campus Maracanã (9 cursos de graduação)

BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO

BACHAREL EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA CIVIL

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES

BACHAREL EM ENGENHARIA ELÉTRICA

BACHAREL EM ENGENHARIA ELETRÔNICA

BACHAREL EM ENGENHARIA MECÂNICA

 Campus Angra dos Reis (1 curso de graduação)

BACHAREL EM ENGENHARIA MECÂNICA

 Campus Itaguaí (2 cursos de graduação)

BACHAREL EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA MECÂNICA

 Campus Nova Friburgo (2 cursos de graduação)

BACHAREL EM ENGENHARIA ELÉTRICA

GRADUAÇÃO EM FÍSICA

 Campus Nova Iguaçu (3 cursos de graduação)

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

BACHAREL EM ENGENHARIA MECÂNICA

 Campus Petrópolis (3 cursos de graduação)

BACHAREL EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

BACHAREL EM TURISMO

LICENCIATURA EM MATEMATICA

 Educação a distância (EAD) (1 curso de graduação)

BACHAREL EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

 

PÓS-GRADUAÇÃO (Stricto sensu)

Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos (PPPRO)

Mestrado e Doutorado Acadêmico em Engenharia de produção e Sistemas (PPDSP)

Os dois cursos de pós-graduação apresentam linhas de pesquisa relacionadas à temática da sustentabilidade ou desenvolvimento sustentável.

 

- EXTENSÃO

O CEFET/RJ apresenta projetos de extensão, coordenados por servidores e que contam com a participação de alunos, buscando sensibilizar a sociedade no tocante à sustentabilidade.

Projetos de extensão

Grupos de extensao 

 

No gráfico a seguir, observa-se uma quantidade de projetos de extensão, relacionados à área temática de Meio Ambiente, dentre outras áreas definidas (Educação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente, Comunicação, Direitos Humanos e Justiça, Saúde e Trabalho) pelo Departamento de Extensão e Assuntos Comunitários do CEFET/RJ (DEAC), no período de 2019 a 2021.

 

Gráfico – Projetos de extensão na área Meio Ambiente (2019 a 2021)

Fonte: Elaboração própria a partir de DEAC (2021). Disponível em: http://www.cefet-rj.br/index.php/formularios-acoes-de-extensao/acoes-deac-anos-anteriores  Acesso 15 Jul. 2022.

 

Ao analisar a quantidade percentual de projetos sustentáveis em relação ao número total de projetos institucionais de extensão, percebe-se que em 2019, foi de cerca de 13%; 2020, aproximadamente, 14% e em 2021, foi de 14,9% (DEAC, 2021). Nesse sentido, diz que o desenvolvimento de projetos voltados à sociedade, coordenados por servidores dos campi do Cefet/RJ e que tenham relação com a área de Meio Ambiente, manteve-se estável nos últimos três anos. O ano de 2022 não foi analisado pois não se sabe se os projetos aprovados serão desenvolvidos plenamente durante o ano corrente.

 

CONQUISTAS DO CEFET/RJ

   

No dia 14 de dezembro foi publicado o resultado do “2021 UI GreenMetric World University Rankings” < https://greenmetric.ui.ac.id/ >, que é uma espécie de ranking de sustentabilidade entre instituições de ensino superior (IES) no mundo e apresenta os índices mundiais de sustentabilidade, que mensuram o empenho da instituição no desenvolvimento de ações e práticas voltadas à sustentabilidade.

A Universitas Indonesia (UI) iniciou os rankings universitários mundiais em 2010, mais tarde ficou conhecido como UI GreenMetric World University Rankings para medir os esforços de sustentabilidade dos campi universitários. Em 2010, participaram 95 universidades de 35 países: 18 da América, 35 da Europa, 40 da Ásia e 2 da Austrália e em 2021, foram 956 instituições de ensino superior de mais de 84 países em todo o mundo.

O objetivo desse índice é ser uma ferramenta de autoavaliação da sustentabilidade para IES, contribuir para discursos acadêmicos sobre sustentabilidade na educação dos campi e informar a comunidade acadêmica, governos, agências ambientais internacionais e locais e a sociedade sobre programas e projetos de sustentabilidade nos campi. No que tange aos benefícios auferidos, a internacionalização e reconhecimento da instituição, além do networking gerado e aumento da consciência e responsabilidade socioambiental.

Este ano, o tema do ranking foi “Universidades, UI GreenMetric e ODS na época da pandemia”, que compreendeu perguntas relacionadas a atuação da instituição de ensino perante a pandemia, além de informações relacionadas às seis categorias que fazem parte do índice, as quais são: Infraestrutura e ambiente; Energia e mudanças climáticas, Resíduos; Água e esgoto; Transporte e Educação e pesquisa.

Das 956 instituições de ensino superior que participaram, 40 instituições eram brasileiras. O CEFET/RJ ficou na posição 646 em nível mundial e nacional, na posição 31. No estado do Rio de Janeiro, estiveram presentes, além do CEFET/RJ, a UFF e PUC-RJ.

Relato da chefe da Divisão de Estratégia para Sustentabilidade Ambiental Institucional, vinculada à Diretoria de Gestão Estratégica (DISAI/ DIGES), professora Aline Guimarães Monteiro Trigo:

“Apesar de existir desde o ano de 2010, foi a primeira vez que a instituição participou deste índice mundial de sustentabilidade. Isso se tornou possível, pois a comunidade acadêmica avançou no desenvolvimento e atuação em diversas práticas e atividades sustentáveis relacionadas ao ensino, pesquisa, extensão e gestão do CEFET/RJ, promovendo a discussão sobre sustentabilidade, dentro e fora do CEFET/RJ. Para que atendêssemos às informações e dados solicitados para o índice, a DISAI juntamente com os servidores que participam do Comitê de Sustentabilidade Ambiental Institucional (COSAI) e das Comissões de Coleta Seletiva Solidária dos campi trabalharam arduamente durante três meses. Em 2022, participaremos novamente e nos esforçaremos para melhorar no ranking. Foi uma grande conquista internacional! Que venham mais desafios!

 

 

O Cefet/RJ recebeu o Selo de Monitoramento da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), um programa de sustentabilidade proposto pelo Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade.

O Selo de Monitoramento é concedido, anualmente, para as organizações que tenham ações de compromisso com o meio ambiente, como a adoção de tecnologias mais eficientes, a economia de matéria-prima e o incentivo à reutilização de insumos, melhorando a qualidade de vida da sua comunidade.

São elegíveis ao selo os órgãos que aderiram à Agenda A3P e que preenchem, consolidam e enviam para a plataforma MMA Ressoa, anualmente, os dados da instituição, como o consumo de água, energia elétrica e combustível, a quantidade de contratações/licitações sustentáveis e a sensibilização e a capacitação dos servidores, por meio de cursos, campanhas e palestras de conscientização.

Cabe destacar que o CEFET/RJ, desde janeiro de 2018, faz parte das instituições que aderiram formalmente à Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). E, desde então, já recebeu 3 selos: em 2020, por conta do preenchimento dos dados na plataforma MMA Ressoa de 2019 ; em 2021, por conta do preenchimento na plataforma MMA Ressoa dos dados de 2020 e em 2022, por conta do preenchimento na plataforma MMA Ressoa dos dados de 2021.

No ano de 2021, foram registradas no país 26 instituições de ensino superior (IES), das 245 organizações da Administração Pública Federal, que formalmente aderiram à A3P. No Rio de Janeiro, apenas duas IES mantêm a adesão: o CEFET/RJ e o IFRJ.

No Cefet/RJ, a Agenda A3P é gerenciada pela Divisão de Estratégia para a Sustentabilidade Ambiental Institucional (DISAI), vinculada à Diretoria de Gestão Estratégica (DIGES), com apoio de outros setores e departamentos.

ADESÃO DO CEFET/RJ AO PROGRAMA A3P 

 

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página